miles genius badge video experts unlimited creative skills form letsgo experience

Ferramentas

Mude ou morra: 5 Atitudes Ágeis para o seu dia a dia com os Métodos Ágeis

Atualizado em 15 de agosto, 2019

Mude ou morra: 5 Atitudes Ágeis para o seu dia a dia com os Métodos Ágeis

Mude ou morra: 5 Atitudes Ágeis para o seu dia a dia com os Métodos Ágeis

O que você pode aprender com os Métodos Ágeis para  desenvolver comportamentos ágeis em seu dia a dia?

J.J. Sutherland, co-autor do livro Scrum: A Arte de Fazer o Trabalho o Dobro do Trabalho na Metade do Tempo, recomenda 5 atitudes e como coloca-las em prática. Confira:

Seja mais flexível

Raramente o que foi planejado se transforma em realidade. Um profissional ágil vai desenhar um esboço de onde quer chegar, mas tem flexibilidade para pensar em alternativas quando um problema ou uma ideia aparecem. É essencial. Ter humildade para reconhecer que todos estamos sujeitos a errar e não temos, de antemão, as melhores respostas.

Na prática: Um exercício recomendado é reconhecer que você é inflexível algumas vezes e tente se observar quando reproduzir esse comportamento para, aos poucos, reduzi-lo.

Regra 80/20

As equipes que usam as metodologias ágeis para desenvolver novos produtos aplicam um conceito que pode ajudar a estabelecer prioridades.

Vamos lembrar da regra 80/20 para exemplificar: 80% do valor de um serviço está em apenas 20% de suas funcionalidades.

Isso quer dizer que apenas um quinto do que foi desenvolvido pelas empresas realmente tem utilidade.

Na prática: Para definir onde está o valor máximo do seu trabalho, faça a seguinte pergunta: quais são as atividades e projetos que podem gerar mais dinheiro e são mais fáceis de realizar?

Como dizia Michel Jordan “Colabore mais, compita menos”

Michael Jordan ficou imortalizado pelas enterradas nas partidas de basquete, mas analisando as estatísticas do Dream Team, equipe que foi campeã invicta nas olimpíadas de Barcelona em 1992, ele foi um dos atletas que mais deram assistência aos demais.

Na prática: isso quer dizer que você só terá sucesso se conseguir auxiliar o restante do time a ganhar a partida. Para ter uma postura colaborativa, deixe de lado a comparação com os colegas e se mostre disponível para ajudar quando puder, perguntando como ser útil para o trabalho do outro.

Reduza o desperdício

Um dos pilares do conceito de agilidade é reduzir os hábitos que drenam a produtividade. O mito de ser multitarefa, o excesso de trabalho, causado por metas irreais por parte da chefia, burocracias sem sentido nas empresas, e até mesmo atitudes dos próprios profissionais que que acreditam que precisam de atos heroicos para ter reconhecimento.

Na prática: o melhor é se concentrar em apenas uma tarefa de cada vez se organizar para cumprir as metas sem extrapolar o horário do expediente, criar objetivos alcançáveis, realizar uma tarefa de cada vez. Esforços homéricos devem ser vistos como falhas, e não méritos.

Reavalie seu trabalho (e de seus colegas com frequência)

Times ágeis organizam projetos em etapas curtas porque precisam.

Na prática: Ao final de cada período, analisar o que foi feito. A ideia não é apenas avaliar o resultado em si, mas também a maneira como o processo foi conduzido. Esse exercício ajuda a enxergar o que deu certo e o que pode ser aprimorado. Mas só funciona quando o feedback não é focado em encontrar culpados pelas falhas. É preciso que todo mundo seja responsável coletivamente e maturidade para ouvir críticas sem ficar na defensiva.

Gostou da dicas? Deixe seu comentário!