• Pequeno
    • Normal
    • Grande
Avaliar
(Total: 0 Média: 0)

Alta performance

Autogestão ágil: o que é e como desenvolver a sua

Pense no que é preciso para que um funcionário organize sua rotina de trabalho. Se você imaginou imediatamente uma estrutura hierárquica, em que um manda e outro obedece, está precisando se atualizar! Afinal, na rotina profissional dos dias de hoje, o que manda é a autogestão ágil. E mais: se você ainda não domina essa habilidade, é hora de colocar a mão na massa!

Em 2020, ficou claro para o mercado o perfil que os recrutadores e líderes empresariais buscam. Com a pandemia, muita coisa mudou, conforme visto no Expert 2020, promovido pela XP. Segundo dados levantados no evento, o profissional do futuro tem algumas características em destaque: criatividade, colaboração, autogestão e uma mentalidade Lifelong Learning são algumas delas.

Acompanhe o conteúdo para entender mais sobre o assunto!

O que é autogestão ágil e qual é a importância dessa habilidade?

Ok, você já entendeu que no Novo Agora as habilidades socioemocionais estão mais em alta do que as técnicas. Mas o que fazer?

Em primeiro lugar, é importante saber que toda e qualquer soft skill do mercado atual pode ser desenvolvida. Isso significa que mesmo aquelas pessoas que não sentem que estão prontas para encarar as novidades podem contar com profissionais especializados e que as ajudem a prosperar.

Em seguida, é hora de pensar no que realmente significa usar suas habilidades interpessoais ao seu favor. Para isso, volte alguns anos. No passado, era comum que houvessem hierarquias claras nas empresas. Havia um chefe, que orientava seus funcionários e cobrava resultados. 

Com o tempo, as organizações começaram a perceber que o modelo era falho, pois reduzia os saberes dos especialistas ao olhar e a experiência de um único profissional. Então, os espaços para que todos se expressassem com liberdade começou a se abrir. Hoje, é comum ver companhias com lideranças horizontais, em que todos têm voz e são respeitados. 

Porém, para conseguir realmente compartilhar seus conhecimentos com a equipe e render em seu máximo potencial, é preciso investir em bons comportamentos. E é aí que entram as soft skills! Entre elas, está uma das principais para se destacar, a autogestão ágil. 

Ela diz respeito a um fenômeno que agrega inteligência emocional, autocontrole e a capacidade de resistir aos chamados sequestros emocionais no dia a dia profissional. Com esse conjunto de práticas ágeis, você tem mais autonomia e toma suas próprias decisões. Não há um chefe como “vigia”, mas sim um líder, que te orienta — esteja você no escritório ou no home office

Basicamente, as decisões são suas, e você está livre para manter seus próprios relacionamentos, planejar atividades e coordenar ações com outros profissionais. 

Como desenvolver essa skill no dia a dia?

Agora que você já sabe o que é autogestão ágil e como ela se encaixa no dia a dia dos profissionais de todo o mundo, é hora de contar com essa habilidade. Entenda!

Realize a gestão de tempo

Gerir o tempo que você tem disponível também é uma soft skill valiosa, sabia? O processo demanda inteligência emocional, além da capacidade de avaliar e listar prioridades. Se você ainda não domina essa habilidade, se animará em saber que existem cursos dedicados ao assunto. 

Crie uma rotina

Quem deseja começar a gerir melhor o tempo hoje mesmo pode dar os primeiros passos anotando suas principais tarefas em um papel e organizando-as por prioridade em uma rotina. Sendo assim, será preciso ter disciplina e motivação, pelo menos nos primeiros dias. Afinal, uma rotina nada mais é do que um hábito — algo que só se cria com o tempo e com persistência.

Evite a procrastinação

Muito se fala sobre o ato de procrastinar. Mas você sabia que a atitude está 100% ligada à desmotivação? Não é nada fácil se dedicar a algo que você não ama fazer. Por isso, evite engajar em tarefas que você não sente prazer em executar. Aproveite as “novas” hierarquias empresariais e converse com a liderança sobre a possibilidade de delegar a atividade a outro colega ou de receber ajuda.

Peça ajuda

Falando em ajuda, é fundamental contar com os colegas. Especialmente quando estamos começando um novo trabalho, tendemos a querer “mostrar serviço” e colocar mais coisas em nossas agendas do que podemos entregar. Evite esse erro indo com calma e descobrindo como seu cargo funciona. Com isso, você poderá fazer uma autogestão ágil e eficiente, que não deixe ninguém na mão!

Enxergue-se como líder

Mesmo que você responda a outras pessoas, é importante se ver como líder na hora de garantir uma autogestão eficiente. Isso significa saber que os resultados do seu squad ou área dependem diretamente de você. Portanto, é preciso se dedicar e trabalhar em seu máximo potencial. Se colocar nesse lugar tende a gerar uma alta motivação, que se traduz em mais organização e em melhores retornos.

Inspire-se

Separamos 3 livros para te manter focado na tarefa de se autogerir com agilidade. Confira:

  • Estimativa e planejamento ágil, de Mike Cohn, que fala das primeiras fases do processo de gestão;
  • O guia do gerente de projeto para dominar ágil, de Charles G. Cobb, que compara metodologias mundialmente reconhecidas e traz insights aos que desejam ir mais longe;
  • Treinamento Ágil, de Rachel Davies e Liz Sedley, cujo nome é bastante autoexplicativo.

Qual ferramenta pode auxiliar nessa tarefa?

Por fim, uma boa dica para começar a se aprofundar no mundo da autogestão ágil é conhecer a ferramenta Kanban. Ela auxilia na gestão diária de tarefas e torna a organização da rotina visual e simplificada. Invista nessa ideia!

E se quiser ir ainda mais longe, você pode aprender a realmente aplicar o Kanban e autogestão ágil na sua vida. Para isso, a AprendeAí está disponível para ajudar! Somos uma escola de inovação digital voltada a amparar os profissionais do futuro a se adequarem às novas demandas do mercado de trabalho. Assim, entregamos cursos práticos, ricos em conhecimento e ministrados pelos maiores profissionais do mercado!

Confira nosso curso de autogestão na prática e leve o uso dessa soft skill a outro nível em seu cotidiano!

Compartilhe!