milesgeniusbadgevideoexpertsunlimitedcreativeskillsformletsgoexperience

Carreira

“E o salário ó”! Como negociar um aumento?

Atualizado em 28 de Janeiro, 2019

“E o salário ó”! Como negociar um aumento?

“E o salário ó”! Como negociar um aumento?

Desemprego tá alto, não é mesmo? 🤔

Muita gente desesperada por um trabalho, e como todos temos contas para pagar. É difícil recusar a primeira oportunidade que aparece… E quem já tem emprego, precisa segurar com unhas e dentes!

E o salário ó…

E você: está satisfeito com o seu trabalho? E o seu salário? Sonha em ganhar mais?

Daí você pensa: “Não seria ganância ou arriscar demais o meu emprego se eu pedisse um aumento? Logo nesse momento em que não está fácil conseguir um emprego…”

Muitos evitam negociar um salário melhor pelo receio de serem vistos como gananciosos ou de colocar em risco o emprego atual, já que o poder parece estar todo na mão dos empregadores.

➜ Agora veja só esses 3 dados reveladores:

  1. 99% dos gestores brasileiros reportaram dificuldade em encontrar profissionais qualificados (76% sentem “muita dificuldade”),
  2. Nos níveis de profissionais mais qualificados (com nível superior), a taxa de desemprego cai de 13% para “apenas” 6,6% (metade do índice total),
  3. Menos de 3 em cada 10 profissionais tiveram a “coragem” de negociar seus salários. Mas 84% dos que pediram, conseguiram algo (seja um maior salário, ou melhores condições).

➜ Afinal, como aumentar o seu poder de negociação salarial?

Você precisa verdadeiramente merecer,

O aumento precisa ser viável,

É preciso agir e convencer os tomadores de decisão

O 1º ponto (merecer) envolve: autoanálise, desempenho, resiliência, relacionamento interpessoal, conhecimento técnico e outras características para se destacar no ambiente profissional. É o ponto de partida para analisar se o aumento faz sentido. Caso não faça, é preciso trabalhar nesse ponto antes de qualquer tentativa.

O 2º (ser viável), determina que, por mais que mereça, seu pedido pode ser inviável para a empresa. Isso envolve: momento (talvez agora não seja factível, mas seria daqui a poucos meses) e flexibilidade (não seria possível atender o seu pedido da forma que foi feito, mas daria se fossem incluídas outras variáveis).

O 3º (convencer), abrange os movimentos para concretizar seu pedido. Como principais mencionaria:

  • Pensar de forma colaborativa. A negociação é uma construção conjunta,
  • Verificar pesquisas salariais (na internet), para utilizar argumentos objetivos (comparação com cargos similares em empresas do mesmo porte),
  • Listar realizações e os benefícios da empresa e como conseguiria ajudar outros membros da equipe a alcança-los também,
  • Agendar a conversa para evitar que o gestor seja surpreendido e diga “não” como sinal de defesa, por não ter refletido sobre o assunto,
  • Evitar tratar apenas de valor financeiro. Pensar de forma mais ampla no pacote total de remuneração e benefícios.

🤔 Lembre-se: como diria Sun Tzu: “a vitória está reservada para aqueles que estão dispostos a pagar o preço”. É preciso encarar a responsabilidade que acompanha o aumento salarial.

E você, tá disposto a começa o 2019 com essa missão? Acha impossível? Tá disposto(a) a encarar? Responda abaixo e nos conte!