milesgeniusbadgevideoexpertsunlimitedcreativeskillsformletsgoexperience

Carreira

Como você viveu até hoje sem uma apresentação de impacto?

Atualizado em 16 de Maio, 2018

Como você viveu até hoje sem uma apresentação de impacto?

Como você viveu até hoje sem uma apresentação de impacto?

Flávio Santos
Professor do curso Apresentações de Impacto 

Não deixe para a última hora o preparo de uma apresentação. Para que você tenha sucesso, é necessário pensar em todos os cenários possíveis, todo tipo de imprevistos que possam comprometer a mensagem e estar preparado para perguntas fora do tema. Para isso, não deixe de seguir os seguintes passos abaixo.

CONHEÇA SUA AUDIÊNCIA

Você sabe qual o nível de conhecimento de sua plateia sobre o assunto abordado?

Esse é o primeiro e mais importante passo ao começar a preparar uma apresentação, porque diz muito sobre o que será necessário nos momentos iniciais. Por exemplo, se você vai introduzir um tema extremamente inovador, com conceitos inéditos, é preciso “preparar o terreno” antes, por meio de uma pequena introdução sobre o tema.

Essa medida vai situar melhor seu público e, posteriormente, garantir a qualidade da compreensão. Conhecer seu público também serve para entender o que eles esperam em relação à apresentação.

Sua mensagem deve se adequar às expectativas de seus espectadores, que podem se sentir frustrados se o tema apresentado for “mais do mesmo”. No entanto, é possível também superar essas expectativas, por meio de outros recursos, como será tratado mais adiante.

Além disso, conhecer sua audiência ajuda a traçar estratégias para melhor captar sua atenção. Por exemplo, se o público é jovem, as formas de organização e recursos de sua apresentação devem ser bastante diferentes do que seriam caso sua plateia fosse formada por pessoas da terceira idade. Saber o perfil de seu público é essencial para individualizar suas apresentações.

DEFINA QUAL MENSAGEM QUER TRANSMITIR

Qual é o objetivo da sua apresentação? Ter em mente o exato resultado esperado de sua exposição te ajuda a enxugar eventuais excessos de informações, bem como a focar naquilo que é mais essencial.

Por exemplo, se o objetivo é impactar a audiência com informações sobre um projeto inovador, seu discurso pode ser direcionado no sentido de familiarizar o público com dados e conceitos novos, que eles ainda desconheciam.

Já se sua apresentação visa ao convencimento dessas pessoas quanto à tomada de determinada atitude, sua exposição deve focar em argumentos concretos (e convincentes) sobre o tema.

FAÇA UM ROTEIRO

Independentemente dos objetivos da sua apresentação, é imprescindível que você tenha um roteiro em mãos. Isso serve para te guiar durante a exposição de seus principais pontos, que deve seguir uma linha coerente e cadencial, de forma a cobrir todos os pontos planejados da apresentação e a terminar com uma conclusão lógica.

Um roteiro também pode te ajudar no ensaio prévio, já que proporciona o passo a passo de cada tema que deve ser tratado. Ainda assim, se você de dedicar bastante aos ensaios, esse roteiro será automaticamente internalizado.

Atenção! Por mais planejada que seja uma apresentação, sempre deve haver lugar para improvisos. Nunca se sabe quais perguntas surgirão, nem quais temas serão mais questionados pela audiência.

Com experiência, é possível prever melhor quais serão esses momentos, mas ainda assim é importante se preparar para situações inesperadas. Nessas horas, não perca a linha de raciocínio e procure ao máximo retornar ao roteiro originalmente proposto.

Para cada apresentação, pode ser necessária uma ferramenta diferente. Os recursos de cada uma variam, e podem se adequar melhor ou pior, de acordo com suas necessidades.

O Power Point, por exemplo, é uma ferramenta clássica utilizada para apresentações. Possui recursos como menu, navegação inteligente e mapas interativos. Permite customizar cada slide com design e animações. Possibilita ainda a inserção de vídeos.

O Prezi possibilita recursos como o zoom, a inclusão de vídeos e uma formato não linear às exposições. Por ser um recurso visual extremamente dinâmico pode, em alguns casos, desviar a atenção da mensagem em si.

Já o GoogleSlides possui layout intuitivo e fácil de usar. Além disso a apresentação pode ser salva em formatos PDF e PPTX. Não oferece muitos recursos por ainda ser uma ferramenta incipiente no mercado.

Muitos profissionais elogiam o Evernote, que é indicado para pessoas que já utilizam o programa para fazer suas anotações cotidianas. Um dos seus principais recursos é a visualização em várias telas: uma usada para a apresentação e outra para tomar notas.

Independentemente de qual ferramenta você escolher para formatar sua apresentação, o mais importante é que ela se adeque aos objetivos inicialmente traçados na elaboração do roteiro. Cada público atingido e cada tema abordado possuem características distintas, que devem ser levadas em consideração na hora de escolher qual a melhor ferramenta para auxiliar sua palestra.

LINGUAGEM CORPORAL & VERBAL

O desenvolvimento de sua apresentação precisa contar com um gestuário compatível com o tema abordado, porque a linguagem corporal também diz muito sobre a mensagem que você quer passar.

Por exemplo, em contextos mais informais, é possível se apresentar de forma mais livre, com movimentação do palestrante pelo ambiente e maior engajamento da audiência por meio de acenos, gestos de convite à participação, etc. Em contextos mais formais, no entanto, essa linguagem corporal deve ser adequada ao formato da palestra.

No que diz respeito à linguagem verbal, o mais importante é que você reflita sobre o público para o qual irá se apresentar. Isso não significa, necessariamente, que você deve falar e usar as mesmas expressões que aquele público.

O objetivo é se fazer entender da melhor maneira possível, ainda que por meio de uma simplificação de vocabulário, ou da facilitação de alguns conceitos muito técnicos. Mas o uso de coloquialismos e de expressões próprias da profissão, ou da faixa etária do público, também pode ser um mecanismo de captura da atenção da sua audiência.

Não há nada mais prejudicial a sua apresentação do que uma forma de exposição monótona. É imprescindível prender a atenção de sua audiência para não deixar que sua mensagem se perca, e isso deve ocorrer de forma equilibrada, durante todo o período de exposição do tema abordado.

Existem diversas técnicas para fazer isso, que vão desde a elaboração de layouts interessantes para sua apresentação, até a utilização de recursos como storytelling e outras técnicas de exposição argumentativa. Procure aquela que melhor se encaixa com sua personalidade, bem como aquela que atenda às necessidades de sua audiência, que pode variar.

CONTE HISTÓRIA

Storytelling é uma ótima maneira de engajar sua audiência no tema sobre o qual você pretende falar. Essa ferramenta argumentativa serve para compartilhar uma história com eventos logicamente encadeados, de forma bastante resumida.

O começo, o meio e o fim de uma história devem servir para um propósito maior, o engajamento de sua audiência. As pessoas se identificam melhor com histórias, além de guardar por mais tempo as informações apresentadas dessa forma. Sua apresentação, ou o principal argumento utilizado no storyltelling, terá muito mais chances de ser lembrado pelo público dessa forma.

EMBASE SUAS APRESENTAÇÕES

Qualquer ponto de uma apresentação precisa ser embasado por meio de dados e de exemplos que comprovem o que você diz. Além de causar maior identificação com os ouvintes, que poderão visualizar na prática a aplicabilidade de seus argumentos, isso aumenta a credibilidade de sua história.

Por exemplo, caso sua palestra pretenda evidenciar uma queda de vendas em determinado setor, busque exatamente o percentual das quedas nos últimos meses, bem como as proposições e metas que poderiam ser implementadas no caso. A relação com os dados estatísticos reais garantirá maior credibilidade a sua proposição.

PERCA O MEDO DE FALAR EM PÚBLICO

Muitas pessoas temem falar em público, seja por traumas de infância, seja em razão de suas próprias personalidades mais introvertidas. Independentemente das razões para esse medo, todo profissional e acadêmico de sucesso precisará, eventualmente, de apresentar ideias e projetos.

Por isso é muito importante treinar técnicas de retórica. Elas ajudam sua apresentação e acarretam maior fluidez a seu discurso. Procure fazer pausas estratégicas em sua fala, pois elas envolvem sua audiência e despertam maior atenção para tópicos mencionados previamente.

Além disso, procure fazer perguntas ao público, o que acaba criando um clima mais intimista, sem tanta pressão sobre o apresentador e com maior desenvolvimento de suas ideias.

 

IDENTIDADE VISUAL

As pessoas subestimam o poder de uma boa identidade visual para suas apresentações, mas elas dizem muito sobre a mensagem que você pretende passar.

Nesse contexto, procure utilizar slides e recursos visuais menos poluídos, com poucos textos e foco apenas no que for essencial. Apresentações clean são mais sofisticadas e têm maior receptividade do público, já que não demandam a leitura de textos muito extensos e que reproduzem exatamente o que você iria dizer.

É importante também tomar cuidado com excessos, já que a identidade visual da palestra serve para destacar o tema abordado, e não ser o próprio centro das atenções.

AUMENTE O TEMPO DE VIDA ÚTIL DA SUA APRESENTAÇÃO

Se você faz apresentações recorrentemente, é muito provável que já tenha precisado reutilizar apresentações anteriores, abordar os mesmos tópicos em reuniões com outras equipes, etc. Por essa razão, é imprescindível que você construa ótimas apresentações.

Elas precisam ter um tempo de vida útil maior, além de transmitir com qualidade a mensagem que você pretende passar a seu público. Ao planejar uma exposição, dedique bastante tempo à pesquisa e ao preparo, porque você nunca sabe quando será necessário recorrer a ela novamente.

Fuja de clichês! Há muito o que aprender em termos de inovação e criatividade, por isso pesquise e desapegue-se dos modelos tradicionais de exposição de ideias. Apresentações criativas são excelentes formas de expor seu trabalho e cativar seu público. Não perca essas chances utilizando modelos antigos, vídeos clichê e outros recursos ultrapassados.

Toda apresentação é uma oportunidade de impressionar sua audiência. Para que isso aconteça, comece com a criação de seus próprios modelos. Jamais utilize templates prontos, que dizem pouco sobre seu trabalho e que acabam entendiando sua audiência. Seja criativo já com a base de sua exposição!

UTILIZE APRESENTAÇÕES DE IMPACTO PARA MELHORAR A COMUNICAÇÃO CORPORATIVA

A cada dia fica mais difícil prender a atenção das pessoas em apresentações corporativas, ou EAD em sala de aula e principalmente apresentações ou aulas remotas. As distrações nesses ambientes são inúmeras, o colega de trabalho, o Smartphone, a conversa ao lado e se você está em casa assistindo uma vídeo-aula a situação pode se tornar ainda pior.

Como garantir a atenção desse tipo de plateia ou ainda mais, garantir seu engajamento? As apresentações de impacto são a resposta para esse desafio. Somente elas têm a capacidade de garantir que seu público será realmente atingido por determinada informação.

As pessoas são bombardeadas por informações o tempo todo, e para que sua mensagem seja diferente das demais é preciso falar o que elas querem ouvir, sobre o que se interessam e sobre aquilo que faz parte do universo em que vivem e que realmente trará alguma mudança construtiva.

Ter um conteúdo completo e que seja ao mesmo tempo objetivo, fazer o uso inteligente e pertinente de imagens, criar títulos atraentes, usar dados relevantes e saber contar histórias é a fórmula certa para conseguir a atenção do seu público.

Procure se destacar por meio de suas apresentações em seu ramo de atuação. Seja em contextos profissionais, seja em contextos acadêmicos, palestras únicas e criativas são ótimas formas de se diferenciar de seus concorrentes e aumentar as chances de progressão em sua carreira.

Estamos chegando ao fim da nossa seleção de dicas.

Ao se preparar para realizar uma apresentação, seja ela profissional ou acadêmica, pense sobre todos os aspectos envolvidos: público-alvo, contexto, expectativa da audiência, ferramentas de apresentação e linguagem utilizada. O cuidado no preparo, na pesquisa e no desenvolvimento de uma exposição pode ser justamente o diferencial entre você e seus concorrentes. Inove, seja criativo e aproveite as vantagens de criar apresentações de impacto.

Conheça nossos cursos na área de Apresentações de Impacto:

Curso online Apresentações de Impacto

Curso online Power Point Animation: Slides Animados, Efeitos Incríveis

______________________________________________________________________

Se você chegou até aqui, imagino que viu valor no poder de criar apresentações impactantes, estou certo?

Separei 30 templates que podem ajudar o seu dia a dia, acessando aqui.

Se você quer ir além, desenvolvemos um curso online com 10 aulas para te ajudar a criar uma apresentação profissional de um lançamento de produto, uma palestra sobre sua trajetória pessoal, um pitch de investimentos, uma defesa de tese de mestrado ou até um relatório para sua empresa.

O curso reúne técnicas simples e eficazes, ferramentas, exemplos reais, do roteiro ao design final, para você mesmo vai criar a sua própria apresentação com o máximo de impacto e descobrir dezenas de recursos gratuitos que irão te surpreender e encantar o seu público.

Assista a primeira aula agora: