milesgeniusbadgevideoexpertsunlimitedcreativeskillsformletsgoexperience

Mapas Mentais

Tudo sobre Mapas Mentais: Como resumir livros ou palestras com Mapas Mentais?

Atualizado em 15 de dezembro, 2017

Tudo sobre Mapas Mentais: Como resumir livros ou palestras com Mapas Mentais?

Tudo sobre Mapas Mentais: Como resumir livros ou palestras com Mapas Mentais?

Quando construímos um mapa mental, estamos esmiuçando todo o conteúdo de um texto para que os tópicos centrais, as ideias secundárias e a obra de uma maneira geral possa ser acessada de forma rápida.

Todo o conteúdo do livro deve estar presente de maneira muito reduzida e acessível.

As palavras- chave fazem o papel de gatilho de memória e o usuário é capaz de retomar os conteúdos com muita clareza.

Um resumo de livro não é feito para acessar a obra como um todo, o resumo serve como antecipador do assunto tratado, uma visão geral da obra e muitas vezes contém impressões pessoais de quem o escreve.

Da mesma forma, o mapa mental construído para resumir livros vai conter menos elementos com menos informações a respeito do assunto.

Para construir um gráfico de resumo, deve-se escolher quais tópicos e subtópicos usar para que o livro seja contemplado no geral, mas que não exponha a obra em demasia. Um resumo de livro serve como antecipador da obra.

Um mapa mental de um romance, por exemplo, pode ser dividido assim: tópico central com o título que se divide em tema, principais personagens, fatos mais importantes, enredo e trama.

Veja abaixo um exemplo de uso do mapa mental na leitura do livro O Pequeno Príncipe.

 

Mapas mentais para palestras e discursos

Assistir palestras e discursos pode ser uma boa maneira de adquirir conhecimento, porém, pode ser bem difícil guardar toda a informação que ouvimos. Mapas mentais podem te auxiliar a guardar e relembrar as informações passadas dessa maneira.

Fazer um mapa mental de uma palestra é muito diferente de fazer um mapa mental de livro porque as informações estão sendo passadas em tempo real, ao vivo.

Uma vez que a informação foi passada, você não poderá escutá-la de novo como fazemos com os livros.

Isso significa que nessas situações teremos que fazer muitas coisas ao mesmo tempo: ouvir e assistir o palestrante, entender quais são as ideias centrais e os tópicos que os envolvem, desenhar e escrever o mapa pensando em sua configuração de forma a caber todas as informações e, por fim, preencher os tópicos com os assuntos que você gostaria de lembrar.

Você pode utilizar as informações da apresentação visual que o palestrante apresentar para te ajudar a construir seu gráfico, se houver.

Mesmo que não haja uma apresentação gráfica, uma escuta atenta pode guiar a produção de seu mapa. Os tópicos e subtópicos aparecem de forma clara no percurso da palestra muito direcionado pelo o que consideramos mais importante e é isso que precisamos registrar para nos lembrarmos depois.

Veja abaixo um exemplo:

 

Veja também:

Como criar um Mapas Mental?
Como usar os Mapas Mentais em um planejamento
Como usar os Mapas Mentais em projetos
Como usar Mapas Mentais em uma reunião de brainstorming?
Como usar os Mapas Mentais para estudar melhor

Quer conhecer mais como criar Mapas Mentais de forma criativa, os diversos usos, como organizar ideias em diversas situações? Então conheça o nosso curso online Mapas Mentais: estruturando ideias.