Você certamente já ouviu falar que uma boa história é sempre a melhor aliada para captar a atenção de um público. É uma história bem contada que ganha força e veracidade toda vez que é repetida. Ela hipnotiza e tem o poder de se conectar com ouvinte, tocando suas emoções, criando uma relação de empatia.

E justamente por ser uma técnica tão poderosa, que ela vem cada vez mais ganhando espaço no mundo de marketing e vendas para não só ganhar a atenção do público, como também criar e fortalecer as relações com clientes e usuários de uma maneira mais sutil, mas não menos eficiente.

As técnicas de storytelling, como são conhecidas, utilizam estas boas histórias para se aproximar do público-alvo por meio de conexões emocionais. Elas criam significado e ajudam os clientes a se identificar com a marca, agregando mais valor para a empresa. 

E em uma época em que os clientes se sentem saturados com tanta publicidade invasiva, as técnicas de storytelling chegam como um verdadeiro convite ao cliente de “faça parte da nossa marca”, além, é claro, de ser uma maneira muito mais criativa de se diferenciar da concorrência.

Quer saber mais sobre os segredos de um bom storytelling e se tornar um verdadeiro contador de histórias? Então fique com a gente aprenda quais são as principais técnicas de storytelling e como usá-las a seu favor. 

Como fazer um bom storytelling?

Ok, já falamos que uma boa narrativa ajuda a atrair, criar relações e fidelizar clientes. Mas a grande questão é: como uma boa história é criada? A verdade é que dominar as técnicas de storytelling não é assim tão simples quanto parece.

Este conteúdo deve ser de qualidade, planejado e com uma estrutura que agregue valor. Ele deve ser capaz de criar uma experiência única para os clientes de maneira que eles sintam o desejo de aproximar emocionalmente da marca.

E para que isso aconteça, antes mesmo do planejamento da estratégia, você deve levar em consideração os seguintes pontos:

  • O tema da história – o storytelling deve ter um tema central, o ponto principal em torno do qual todo o conteúdo será estruturado.
  • O público-alvo – Para criar uma estratégia de storytelling, é preciso saber qual é o seu público-alvo e entender a fundo suas motivações. Assim será mais fácil criar um link entre seu público e sua marca.
  • Os protagonistas – Seu público certamente se identificará mais com personagens bem elaborados. Para isso, escolha os protagonistas com base em todos os detalhes do storytelling que vai contar.
  • A estrutura da história – toda história deve ter uma estrutura composta de introdução, desenvolvimento e fechamento, sendo que o desenvolvimento deve criar um momento de certo “suspense” que é resolvido no fechamento.

Depois de ter alinhado e esclarecidos todos estes pontos iniciais, é hora de colocar as estratégias e técnicas de storytelling em ação. Confira quais são as principais táticas que para fazer de qualquer narrativa um grande sucesso.

As 4 principais técnicas de storytelling para realmente prender a atenção do público

1 – Faça seu público ser parte da história

Uma das principais formas de se conectar com o seu público é fazer com ele se sinta o protagonista da sua história. Esta interatividade funciona de maneira muito efetiva quando é feita na maneira correta.

Você pode fazer isso por meio de pesquisas interativas, por exemplo, pois neste tipo de situação os usuários sentem que sua opiniões estão sendo levadas em consideração pela empresa. 

Além de ser uma ótima técnica de storytelling, esta estratégia permite que obtenha dados valiosos sobre as opiniões, gostos e desejos dos seus clientes.

2 – Use e abuse da gamification

Tendência no Marketing Digital, a nada mais é do que fazer com os clientes interajam com uma marca de maneira mais lúdica, com base no oferecimento de incentivos que estimulem o engajamento. 

A ideia destas ações é sempre fazer com que o usuário seja recompensado de alguma forma por realizar tarefas pré-determinadas que tem como foco a divulgação, recomendação ou avaliação da marca.

Por exemplo, para manter seu público engajado, você pode criar um programa de fidelização em que estas recompensas são geradas com base na acumulação de pontos.

3 – Conte história reais

Outra estratégia de storytelling é utilizar histórias reais que valem a pena ser contadas sobre sua empresa, marca, colaboradores ou até mesmo sobre os seus cliente.

Por exemplo, neste ano a marca O Boticário desenvolveu uma campanha emocionante chamada “Onde Tem Amor Tem Beleza”, com a história verdadeira de amor de um senhor de 80 anos que se matriculou em um curso de maquiagem por um motivo super fofo e comovente. Assista:

4 – Garanta que a história é coerente

É importante comunicar de forma muito clara a mensagem que você deseja transmitir, mas em um ritmo que mantenha um certo suspense para a narrativa. E para que esta técnica de storytelling funcione, é necessário que a narrativa se concentre no público-alvo e seja coerente com o valores da marca.

Lembre-se que o objetivo aqui não é contar uma história que você goste, mas sim criar uma história que se conecte com o seu público, que farão com que seus clientes sintam que também são parte da empresa.

Agora que você já conhece as principais técnicas de storytelling, que tal aprofundar seu conhecimentos nesta competência e aprender como você pode aplicá-la na sua carreira, na sua vida, nos seus negócios? 

Nós, da Aprendeaí podemos te ajudar com este desafio! No curso Curso Online Storytelling você vai aprender como aplicar o Storytelling na hora de criar uma apresentação persuasiva na empresa, como criar essa história, como escolher a história certa, como aplicar essa técnica no mundo corporativo.

Repleto de técnicas aplicáveis, cases, dicas, referências, este curso reúne um arsenal de conteúdos para estimular a criatividade, alavancar a carreira e se destacar no mercado de trabalho com ajuda do Storytelling.

O curso inclui:

  • 17 Vídeoaulas
  • 5 materiais complementares
  • Certificado Reconhecido

Se você quer desenvolver habilidades para:

  • Se destacar na carreira, é preciso cada vez mais buscar alternativas para ser original e autêntico;
  • Conhecer técnicas do Storytelling com cases, exercícios e exemplos práticos para diversas situações: apresentações corporativas, convencer alguém, vender uma ideia, criar ou reposicionar marcas, publicidade, marketing pessoal e mais, tudo com técnicas do Storytelling;
  • Aprender a contar histórias como uma estratégia para se conectar com outras pessoas, se aproximar e vender: ideias, produtos, oportunidades, negócios;
  • Descobrir técnicas utilizadas por escritores e roteiristas, para ser mais persuasivo, capturar a atenção das pessoas até a última palavra;
  • Ser persuasivo e convencer pessoas em diferentes situações;
  • Criar uma palestra, aula, em uma reunião de negócios, na hora de apresentar um projeto;
  • Pensar em uma estratégia de comunicação e marketing.

Acesse agora mesmo e confira todos os detalhes de como se tornar um expert da oratória!