Se você quer abrir seu próprio negócio, mas se pergunta como empreender e ainda não tem muita certeza, este artigo pode te ajudar! São vários tipos de negócio para os aspirantes a empresários, como lojas físicas, franquias, prestação de serviços e vendas na internet.

Entre as diversas possibilidades que existem, pretendemos mostrar alguns motivos pelos quais montar sua loja virtual pode ser uma ótima forma de se tornar um empreendedor. Vamos a eles?

1.CRESCIMENTO DE MERCADO


Apenas no primeiro semestre de 2019, o e-commerce brasileiro cresceu 12% em relação ao mesmo período do ano anterior. Os dados da pesquisa Webshoppers, da eBit/Nielsen, ainda mostram que o faturamento nos primeiros seis meses de 2019 foi de R$ 26,4 bilhões!

E os números ainda prometem melhorar. Isso porque, ainda de acordo com a Webshoppers 40, 5,3 milhões de brasileiros compraram online pela primeira vez entre janeiro e junho de 2019.

Mesmo com todo esse crescimento, o e-commerce ainda representa apenas 5,4% das vendas no varejo do Brasil. Os dados são de um estudo da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico e do Compre & Confie e correspondem ao período entre outubro de 2018 e setembro de 2019.

Para que se possa fazer uma comparação, na China, onde a cultura das compras online é muito forte, o e-commerce representou 18,4% das vendas do varejo como um todo em 2018, conforme dados do Escritório Nacional de Estatísticas da China.

Essa informação mostra o espaço de crescimento que as vendas online no Brasil ainda têm!



2.INVESTIMENTO INICIAL



Quando comparado com outros modelos de negócio, o do e-commerce exige um investimento relativamente mais baixo. Isso porque, quando vai criar uma loja virtual, você não precisa alugar um espaço físico. É possível iniciar sua operação de casa!

Para montar seu e-commerce, você pode criar um site do zero com a ajuda de um desenvolvedor ou optar por uma plataforma. A primeira opção, normalmente, acaba custando mais caro e dando menos autonomia ao empreendedor, uma vez que todas as alterações no site dependerão do profissional que o criou.


Com a plataforma de e-commerce, mediante o pagamento de uma mensalidade, que pode começar próxima aos R$ 50, você tem autonomia para criar sua loja virtual do zero, mesmo sem nenhuma experiência. Além disso, você poderá fazer integrações diretamente com meios de pagamento e de envio sem precisar negociar diretamente com cada um deles.

Por causa do grande número de e-commerces, as plataformas têm maior capacidade de negociação com as empresas de pagamento e de frete. Assim, as taxas e condições para os lojistas acabam se tornando mais vantajosas do que se cada um negociasse individualmente com essas empresas.

Além disso, ao iniciar seu e-commerce, é possível começar o negócio sozinho. Você só vai precisar contratar alguém quando seu número de pedidos e, consequentemente, seu faturamento começarem a aumentar.

3.PRATICIDADE


Outro ponto vantajoso de se vender pela internet é a praticidade ao começar o negócio. Por poder começar sozinho, é possível trabalhar de onde e no horário que quiser. Você pode, inclusive, iniciar sua loja virtual sem precisar largar seu emprego formal em um primeiro momento.

Além disso, o espaço físico do qual você vai precisar será apenas um local para guardar os produtos do seu estoque. Portanto, um armário na sua casa pode ser suficiente no início!

Outro ponto de destaque é a organização dos pedidos. Desde que avise seus clientes sobre o tempo para postagem, você pode estabelecer alguns dias específicos da semana para enviar os produtos. Assim, você não precisaria, por exemplo, ir aos Correios todos os dias.


4.SEGURANÇA


Mais um motivo para considerar o e-commerce se você pensa em como empreender é a segurança desse tipo de negócio. Em comparação com uma loja física, você não estará exposto com as portas abertas na rua até altas horas.

Na sua loja virtual, os pagamentos todos serão feitos por meio de transferência bancária, cartões de crédito ou débito e por boleto. Assim, você receberá seu dinheiro diretamente na sua conta, sem o risco de lidar com dinheiro em espécie.

Além disso, se considerarmos modelos de negócio de prestação de serviços em que você vai até o cliente, você também não terá o risco de circular pela cidade o dia todo e de se encontrar com muitos desconhecidos.


Conclusão



É normal ficar um pouco confuso em relação às diversas possibilidades de negócio quando se pensa em como empreender. Nesse cenário, o e-commerce se mostra como uma opção que, se bem planejada, pode trazer muito sucesso ao empreendedor.

Na dúvida, não deixe de pesquisar! Converse com empresários das áreas que te interessam e tente entender como é a rotina deles. Isso vai te ajudar a descobrir o que tem a ver com seu perfil e, assim, você pode começar um negócio de sucesso!


Autor: Victoria Salemi é a editora responsável pelas parcerias de conteúdo da Nuvemshop, a maior plataforma de comércio digital da América Latina, com mais de 30 mil lojas ativas. Formada em Jornalismo, ama escrever e tornar assuntos complicados acessíveis a todos! Contato: victoria.salemi@nuvemshop.com.br