miles genius badge video experts unlimited creative skills form letsgo experience

Alta performance

As dicas de carreira já não servem para você? O que fazer?

Atualizado em 21 de Fevereiro, 2020

As dicas de carreira já não servem para você? O que fazer?

As dicas de carreira já não servem para você? O que fazer?


Antigamente, construir uma carreira de cinquenta anos em uma mesma empresa era algo visto com bons olhos.

Aliás, isso era o que a maioria das pessoas queria para si, além do fator “preciso ser advogado médico ou engenheiro para ter sucesso”.

Claramente esses conselhos não se encaixam nos dias de hoje e se você é considerado uma daquelas pessoas “fora do padrão”, saiba que você não está sozinho.

Mas, o que fazer quando as dicas de carreira daquelas “padrão sociedade” não servem para você?

É preciso, antes de mais nada, entender que simplesmente não é todo conselho de carreira que serve para todo mundo – afinal, ninguém é igual. Dito isso, vamos a alguns itens interessantes que a Fast Company separou.

Amplie seus horizontes



Ser específico sobre o que você quer para a sua vida (toda, to-di-nha, in-tei-ri-nha mesmo) é algo muito restritivo. Para algumas pessoas, traçar estratégias para uma coisa específica é algo que funciona. Para outras, não.

Suponhamos que você acabou de se formar em engenharia e está procurando vagas para engenheiros, de fato. Hoje em dia, nem sempre ter um diploma de uma universidade renomada e um pouco de experiência de estágio (ou de qualquer outro trabalho) é o suficiente.

Por que não, então, procurar outro ramo que suas habilidades e aprendizados possam ser úteis? Por que ficar preso apenas em engenharia? Por que não ir para a área de Business Analytics, por exemplo? Pense um pouco além do senso comum. É possível que você encontre algo que você se encaixe e que nunca tinha pensado antes.

Cultive contatos



Muito se fala sobre expandir sua rede de contatos – ou também conhecido como “fazer networking”. Mas o que você diria sobre ajudar a rede que você já tem? Às vezes, menos é mais. Se o seu tempo é restrito, e você não pode ir a diversos eventos durante o ano, por exemplo, a fim de conhecer cada vez mais profissionais da área, ativar e cultivar a sua já existente rede pode ser uma boa alternativa.

Às vezes, quem pode te ajudar está bem ao seu lado. E não esqueça de retribuir o favor à comunidade e ajudar colegas sempre que eles necessitarem e sempre que for possível – mesmo que seja apenas para compartilhar aprendizados.

Traga valor



É comum algum líder de equipe receber a atribuição de “mentor”. Mas nem sempre é possível ter uma pessoa dessas ao lado, para pedir conselhos quando se está com problemas. Pessoas ocupadas como essas nem sempre podem se tornar coaches de meio-período e sem remuneração.

Então, em vez de pensar apenas no que você pode conseguir com alguém, se concentre no que você pode dar.

E não pense que só porque você é um funcionário júnior não tem nada para ensinar. Cumpra com suas obrigações, mas também traga ideias, ajude os colegas, faça o que puder quando possível.

Clique aqui conheça o curso que vai te ajudar e desenhar sua carreira e se consolidar no mercado, com propósito e paixão pelo que faz.

Não seja o que você não é



Aqui é para aqueles que querem se promover nas redes sociais e conseguir mais seguidores com postagens. Não se sinta pressionado em se tornar o próximo influencer do LinkedIn se isso não é do seu feitio. Você pode acabar vendendo uma coisa que não é e isso só vai trazer prejuízo no longo prazo. #FicaDica

Ter sucesso profissional é muito mais do que caber na mesma caixinha que todo mundo – pense nisso.

Você não é todo mundo



Para muitas pessoas, ter o emprego em uma multinacional, ganhar um salário acima da média, e acabar abrindo mão de metade do tempo livre (incluindo horas de sono) para o trabalho é sinônimo de sucesso.

Se você não se encaixa nesse padrão, não se desespere. Prefira procurar por ambientes de trabalho que tenham mais a ver com a sua personalidade e que extraiam o melhor de você.

Quando você cria uma identificação com o que faz, as chances de se sentir parte do negócio, de fato, são maiores.

Senso de pertencimento faz com que o trabalho seja executado da melhor maneira e os níveis de desempenho e felicidade aumentam.

Então, não tente se encaixar onde você provavelmente se sentiria deslocado.

Fonte: Fast Company