milesgeniusbadgevideoexpertsunlimitedcreativeskillsformletsgoexperience

Carreira

5 formas de incentivar a inovação no trabalho

Atualizado em 27 de Março, 2018

5 formas de incentivar a inovação no trabalho

5 formas de incentivar a inovação no trabalho

James Caan é um dos recrutadores mais famosos da Europa, com conhecimento de causa tanto como gestor de pessoas (ele fundou diversas empresas) quanto como headhunter, figura especializada em buscar os mais altos executivos do mercado.

Em um post recente no LinkedIn, ele compartilha o que aprendeu sobre a importância de inovação no local de trabalho e dá dicas de como faze-la florescer naturalmente no dia a dia profissional individual e da equipe.

Confira abaixo a tradução:

Incentivando a inovação

Inovação tem se tornado chave para todos os problemas de negócios, carreiras e desenvolvimento e, se criarmos a cultura certa no trabalho, podemos encorajar todos a faze-la prosperar e tornar nossas aspirações de negócios realidade. Ou é o que ouvimos.

Como gerente, como você pode incentivar a criação de um ambiente inovador entre sua equipe? Como isso difere de qualquer outro processo criativo em que pensamos em respostas fora da caixa para temas triviais e cotidianos de escritório? Aqui estão minhas principais dicas.

1. Pessoas

Como alguém que se orgulha de investir apaixonadamente nas pessoas, realmente acredito que tudo começa com as pessoas que o cercam. Contratar pessoas talentosas é apenas o primeiro passo para cultivar um ambiente criativo e inovador.

Muitos negócios falham em contratar integrantes criativos e inovadores porque seus processos de recrutamento falham em criar espaço para esse tipo de candidato. Já vi processos que são tão estruturados que quase parecem punir os indivíduos que tentam ser criativos e agir de maneira diferente durante o processo.

O mesmo pode ser dito sobre o processo em si: se você não oferece aos candidatos a oportunidade de expressar seu lado criativo, que chance tem de identificar membros inovadores?

2. Crie tempo para pensar de verdade e criar objetivos pessoais

Não é fácil encontrar o tempo ou o espaço mental para deixar a criatividade fluir e apenas pensar. No entanto, é importante fazer isso para que ideais inovadoras floresçam.

Comece a reservar um pouco de tempo todo dia ou toda semana para deixar sua mente viajar ou fazer algo que o inspire – pode ser meditar ou dar uma volta, o que fizer sua mente relaxar.

Crie o espaço que sua mente precisa para pensar criativamente e encoraje sua equipe a fazer o mesmo. Incorpore jogos em suas reuniões.

Saia de sua rotina e ambiente normal de trabalho, comece a pensar sobre ideias que você tem e estabeleça objetivos para que você ou para seu time criem uma ideia por semana para cada reunião.

3. Comunicação e colaboração

Use cada conversa que tiver como meios de utilizar seus recursos e contatos mais valiosos em ideias criativas.

Um diálogo aberto e acolhedor ao redor da geração de ideias irá de fato motivar e engajar os funcionários.

Explore outras formas de comunicação que engaje mais as pessoas e desperte o interesse com gatilhos criativos.

Permita que os funcionários apresentem suas ideias sobre decisões importantes que serão tomadas. Ofereça-os feedback, mesmo quando suas ideias não forem usadas, para que saibam que não estão sendo ignorados.

Encoraje a comunicação entre departamentos: colaboração entre membros de diferentes departamentos frequentemente resultam em soluções criativas para problemas e não em culpa quando as coisas não dão certo.

As pessoas com quem você trabalha – clientes, colegas e fornecedores – são seus recursos mais valiosos, então discuta ideias com elas.

4. Abrace o fracasso

Sempre encorajo minha equipe a pedir desculpas ao invés de permissão e, embora isso possa soar um pouco arriscado para gerentes, é de fato verdade que o jeito mais rápido de matar a criatividade é instituir uma cultura corporativa que pune o fracasso.

Você precisa se dar espaço para fracassar porque isso inevitavelmente vai ocorrer em algum momento.

Isso não é pessimismo da minha parte. As pessoas mais bem sucedidas do mundo têm algo em comum: elas todas falharam e aprenderam com seus erros. Quando uma ideia não funciona, compreenda porque e amplie-a e desenvolva-a. E então peça que toda a equipe tente de novo e volte com novas ideias.

5. Treinamento

Nem todo mundo é feito para ser inovador no trabalho, então é importante investir em seus funcionários e oferecer treinamentos na área para sua equipe, assim como levar isso consideração também nos objetivos.Se você quiser encorajar sua equipe inteira a pensar criativamente e ser inovadora em suas abordagens, isso precisa estar num plano detalhado de desenvolvimento. Incluir ferramentas como o Design Thinking ou Métodos Ágeis são formas de incentivar ambientes de trabalho que acolham decisões corajosas e pensamentos não convencionais – não importa se funcionam ou não na primeira vez.

Pensar de maneira inovadora no trabalho não se trata apenas de engajar algumas pessoas. Deveria ser normal em todos os departamentos e áreas de negócios.

Ao incorporar inovação, pensamento criativo e colaboração no cerne de seu negócio, e ao adicioná-la às suas atividades diárias de trabalho, você garante que será visto como alguém que agrega valor à empresa – e torna muito mais fácil terminar tarefas, executar projetos com sucesso e atingir seus próprios objetivos profissionais.

Artigo originalmente publicado no LinkedIn por James Caan.