milesgeniusbadgevideoexpertsunlimitedcreativeskillsformletsgoexperience

Carreira

24 áreas e profissões em alta até 2025

Atualizado em 24 de Maio, 2018

24 áreas e profissões em alta até 2025

24 áreas e profissões em alta até 2025

Você já percebeu que os empregos tradicionais sofreram mudanças drásticas nos últimos anos.

Isso também nos faz repensar no que há por vir, qual melhor caminho a seguir no mercado, qual a próxima área será transformada pela tecnologia ou qual área focar nos próximos anos.

Se estas dúvidas pairam sobre sua carreira, é melhor se preparar e se informar para não perder oportunidades e fazer a escolha certa.

Realizamos um levantamento com base em pesquisas de tendências publicadas por pesquisadores à convite de publicações relevantes, entre elas Harvard Business Review, The Independent, PWC.

Selecionamos 24 áreas para você com base no que irá criar mais necessidade dos consumidores até 2025.

DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE

Não é surpresa que as habilidades tecnológicas estejam em demanda. No entanto, a capacidade de gerenciar as enormes quantidades de dados que processamos individualmente a cada dia, identificar padrões e dar sentido a tudo isso, será lago cada vez mais valorizado.

Áreas como Desenvolvimento de Software, Analista de Sistemas de Computação, Analista de Pesquisa de Mercado e o Especialista em Marketing, que também exigem essas habilidades analíticas, aumentarão cerca de 20% a demanda pelas empresas.

INTELIGÊNCIA RELACIONAL INTERCULTURAL

Levará muito tempo para os robôs serem bons em soft skills, como inteligência social e emocional e competência intercultural, que são extremamente valiosos em um mundo onde você ou eu poderíamos ir e trabalhar com alguém nas Filipinas uma hora, por exemplo. A colaboração virtual em si é realmente útil nesse ambiente.

Além disso, a alfabetização em novas mídias – o entendimento de várias plataformas de mídia e a melhor forma de se comunicar efetivamente com elas – são habilidades valiosas que os robôs provavelmente não alcançarão em breve. Representantes de Vendas, Especialistas em Marketing e Atendimento ao Cliente devem se impactadas.

GESTOR DA INOVAÇÃO  E CRIATIVIDADE

Por mais que possa parecer um termo genérico, já é possível encontrar empresas que oferecem essa vaga. Esse profissional será responsável por repensar as estratégias de uma empresa, seja em seu core business ou para alguma área específica, com o intuito de melhorar seu modelo de negócio. Habilidades estratégicas como Design Thinking e Ferramentas Ágeis devem estar na mira desses profissionais.

Lembre-se: As máquinas não são ótimas no pensamento crítico ou para criar ideias novas. Então a criatividade pode ser à prova do futuro. As pessoas que planejam a vida ou que trabalham com ideias, palavras e imagens provavelmente sobreviverão ao aumento da automação, porque as máquinas não funcionam como seres humanos. Ainda não, pelo menos.

APRENDIZAGEM AO LONGO DA VIDA

Com o mundo se movendo tão rápido como é, precisamos nos tornar uma sociedade de pessoas que estão sempre aprendendo coisas novas. Mas também precisamos mudar a forma como aprendemos. Como muitas coisas avançam rapidamente, será difícil para os professores acompanharem os últimos pensamentos.

Em vez disso, usaremos a tecnologia para encontrar as melhores fontes de informação para manter nossos conhecimentos e habilidades atualizados. Vamos encontrar cada vez mais aplicativos de aprendizado de vídeo, ou seja, algo que você pode levar e acessar quando for necessário e em qualquer momento.

BIOFORMACIONISTA

Nesta carreira o profissional trabalha na área de tecnologia e genética, prestando auxílio na prevenção de doenças genéticas e reprodução humana.

EXPERIÊNCIA DO USUÁRIO

Existem algumas variações para esse profissional no mercado, como User Experience, Customer Success ou na tradução literal, Sucesso do Cliente. A função desse profissional é fazer com que o cliente tenha toda a assessoria necessária de algum produto/serviço contratado.

O UX é também criar soluções para uma melhor experiência do cliente nos canais digitais e além dele também. Já é comum encontrar esses profissionais em empresas de ecommerces e outras plataformas, que prezam pelo resultado e experiência positiva do cliente.

GIG WORKER

A “economia gig” inclui contratos de curto prazo ou trabalho freelancer. Essa maneira de trabalhar está em ascensão e exige que os funcionários sejam flexíveis e independentes – duas coisas em que os robôs não são bons. Há muito debate sobre a questão de empregar pessoas dessa maneira, mas no geral tem havido um aumento acentuado de por trabalho flexível e de meio período em alguns países.

COMUNITY MANANGER

Esse profissional é responsável por lidar com os consumidores e comunidade ao redor de uma empresa, a fim de recolher opiniões para melhorar o negócio e o posicionamento da empresa com essas pessoas. Alguns negócios já possuem profissionais focados nessa função, que irá se expandir nos próximos anos.

CIENTISTA DE DADOS

Houve um aumento de 54% por cientistas de dados em países como Alemanha, Estados Unidos e Reino Unido. No Brasil, a procura é também uma realidade. A questão é: há muitas coisas que as máquinas podem fazer com algoritmos e códigos, mas são as pessoas que combinam seu conhecimento científico e a capacidade de encontrar as histórias escondidas em grandes quantidades de dados que são especialmente úteis.

ENGENHEIRO AMBIENTAL

O meio ambiente tem sofrido alterações drásticas nos últimos anos e esse profissional será cada vez mais essencial entre as profissões do futuro.

ESPECIALISTA EM ECOMMERCE

O e-commerce já é um modelo de negócio trivial na vida das pessoas. Porém, com tantas lojas virtuais concorrendo na internet, será preciso se destacar cada vez mais para atrair clientes. Por isso, o profissional especialista em e-commerce ainda tem um tempo longo de vida garantido.

CUIDAR

Quanto mais pessoas vivem mais, todos os aspectos do setor de saúde estão prontos para o crescimento. E enquanto a telemedicina, os equipamentos cirúrgico-robóticos e outras formas de automação estão mudando a forma como alguns cuidados de saúde são oferecidos, a demanda por cuidadores vai aumentar à medida que nos comprometemos a fornecer assistência médica para mais pessoas.

No Brasil, uma população que está crescendo e vivendo mais, demandará Médicos, Enfermeiros a Domicilio, Fisioterapeutas e Especialistas em Ergonomia do local de trabalho e cuidadores de idosos.

ENGENHEIRO HOSPITALAR

A tecnologia em hospitais também evolui e novos aparelhos surgem para facilitar tratamentos, cirurgias e o dia a dia de profissionais da saúde. E é por isso que o engenheiro hospitalar está escalado entre as profissões dos próximos anos.

SAÚDE MENTAL

As profissões que envolvam cuidados da mente (terapeutas e psiquiatras, por exemplo) ainda estarão em alta. E a explicação é simples: ainda é muito pouco provável que as máquinas substituam o cuidado personalizado que esses profissionais têm com seus pacientes.

SEGURANÇA DE DADOS

Um estudo recente da Indeed mostra que o Reino Unido já possui terceiro maior número de anúncios de vagas de segurança cibernética no mundo. Somente Londres é um dos maiores centros de empresas de segurança cibernética. A demanda atual das empresas nesses países é três vezes maior do que o interesse do candidato. Mas os robôs também podem atuar nessa área fortemente em breve, o que será um desafio para quem atua na área.

GESTOR DE RESÍDUOS

A produção de resíduos vem aumentando consideravelmente, principalmente do tipo sólido, gerando a necessidade de uma gestão dessa matéria sendo produzida massivamente.

ARQUITETO E ENGENHEIRO 3D

No setor de engenharia, arquitetura e urbanismo, será possível projetar ambientes em 3D e por isso, os profissionais deverão se especializar nesse ramo para entregar uma experiência cada vez mais real ao seu cliente.

DESENVOLVEDOR DE DISPOSITIVOS WEARABLES

Weareable significa vestível. São óculos, lentes, relógios e outros equipamentos que tenham algum tipo de tecnologia que facilite a vida das pessoas. E os profissionais capazes de desenvolver esses dispositivos estarão entre os mais procurados nos próximos anos.

CHEF

As pessoas sempre desfrutarão da experiência de sair para jantar e experimentar novos sabores. Sem um chef que é capaz de provar, menus novos e inovadores não estariam tão prontamente disponíveis. Um robô não seria capaz de combinar habilidades manuais com criatividade como um cozinheiro, não importa o quanto tentem.

GESTOR DE TALENTOS E RECURSOS HUMANOS

Enquanto encontrar o candidato certo está se tornando cada vez mais dependente de dados e triagem automatizada em algumas profissões, as habilidades sociais que as pessoas trazem para a mesa ainda são valiosas. A inteligência emocional, relacional e a capacidade de se relacionar bem com as pessoas sempre serão importantes nesse setor em que os robôs provavelmente não conseguirão fazer tão cedo.

LOGÍSTICA

O setor de logística ainda exige que os seres humanos se envolvam na supervisão e gestão. É uma área que apresentará grandes oportunidades, devido a adoção de novas tecnologias para entregas cada vez mais rápidas de produtos comercializados via e-commerce, industrias e outros.

GENETICISTA

Geneticista é uma profissão atual que ganhará mais força nos próximos anos. Dentre as muitas funções de um geneticista, será cada vez mais possível identificar as prováveis doenças que uma pessoa tende a ter no futuro e agir na prevenção antes mesmo de aparecerem sintomas.

ESPECIALISTA EM ENERGIAS RENOVÁVEIS E ALTERNATIVAS

Não é de hoje que a preocupação com o ambiente é crescente e não será nos próximos anos que ela se acabará. Pelo contrário! A tendência é que seja cada vez mais necessário pensar em recursos alternativos, energias renováveis, que não gerem impacto no meio ambiente. Por isso, esse profissional é de suma importância para os próximos anos.

Qual a sacada?

A sacada aqui é pensar nas carreiras que envolvam criatividade e relacionamento. Isso porque são funções que a inteligência artificial ainda não consegue reproduzir com precisão. Além disso, os profissionais preparados para interagir com as máquinas também terão o seu lugar no mercado.

Ah, antes de ir para outro post, veja esse vídeo do CEO do Slack, Stewart Butterfield, onde ele traça literalmente o futuro do trabalho e produtividade.