milesgeniusbadgevideoexpertsunlimitedcreativeskillsformletsgoexperience

Criatividade

Quais ideias revolucionárias foram consideradas maluquice?

Atualizado em 1 de agosto, 2018

Quais ideias revolucionárias foram consideradas maluquice?

Quais ideias revolucionárias foram consideradas maluquice?

Você conhece Nollan Bushnell?

Se não, então mais uma pergunta: “Você lembra ou já ouviu falar na Atari?”

Se ainda não, pesquise já sobre essa empresa fundada por Nollan Bushnell que revolucionou a indústria dos games.

Bushnell, que é considerado um visionário e o primeiro e único patrão de Steve Jobs e de muitos outros criativos brilhantes, revelou em seu livro “Encontre o próximo Steve Jobs”, que há uma linha bem tênua entre a criatividade e a insanidade e que os “loucos” precisam ocupar as empresas.

“Não estou falando da insanidade clínica, mas existe um tipo de loucura funcional que deve ser presente em qualquer empresa. São pessoas que têm ideias malucas e conceitos insanos. O problema da maioria das empresas é que quanto mais loucas forem as ideias apresentadas, menos chances de implementar essas ideias. Há um certo medo, receio”.

Ele lembra em seu livro que as melhores ideias que revolucionaram o mundo foram recebidas com protestos de que eram uma verdadeira maluquice. “No meu caso foi assim, quando fundei a Atari todos achavam que jogar games em uma tela de vídeo (TV) era uma maluquice. Uma pessoa muito inteligente na época me perguntou como a estação de TV receberia os comandos dos jogadores”, disse.

As pessoas também achavam loucura quando ouviram falar do telefone, avião e do carro. “As pessoas comentavam que era um absurdo conversar com alguém sem vê-la, que bastava atravessar a rua para falar pessoalmente. Já o avião, diziam que se as pessoas fossem feitas para voar, Deus daria asas. Já o carro, muitos achavam barulhento demais e que vivia quebrando”, lembra Bushnell.

Veja alguma ideias lembradas por Nolan Bushnell, consideradas na época uma maluquice, mas que deram origem a 3 empresas multimilionárias:

Amazon

Em 1990, Jeff Bezos quis abrir uma livraria online e teve dificuldades de encontrar pessoas dispostas a financiar o empreendimento. Hoje, a amazon.com, é uma das empresas mais valiosas do mundo.

Meia calça

No ano 2000, Sara Blakely cortou as pontas de suas meias-calças e, portanto, criou uma meia-calça sem pé. Foi considerada loucura. Persistiu tanto que encontrou um investidor, batizou o produto como Spanx e hoje está na lista das bilionárias da Forbes.

Apple

Na época em que o Ipod foi inventado, a Apple tinha sérios problemas com seus computadores. No entanto, Steve Jobs alocou seu time com toda energia para criar um player de música portátil. Considerado por muitos uma loucura por ser uma criação de uma empresa de computadores.

O que falaram de algumas das ideias mais revolucionárias da humanidade?

Avião

“Máquinas voadoras mais pesadas que o ar são impossíveis”, disse Lord Kelvin, em 1895. Ele era Presidente da Sociedade Real Britânica.

Automóvel

“O cavalo chegou para ficar, mas o automóvel não passa de um modismo, de uma onda passageira”, disse o Presidente do Michigan Savings Bank, em 1903, após aconselhar o advogado de Henry Ford a não abrirem a Ford Motor Company.

Computador

“Acho que deve haver um mercado para uns cinco computadores”, disse Thomas Watson, Presidente do Conselho da IBM, em 1943.

Televisão 

“As pessoas logo se cansarão de olhar para uma caixa de madeira toda a noite. O vídeo não conseguirá se manter em nenhum mercado”, disse Darryl Zanuck, Presidente da 20th Century Fox Studios, em 1946.

Computador em casa

“Não há qualquer razão para uma pessoa ter um computador em casa”, disse Kel Olsen, presidente da Digital Equipament Corporation, em 1977.

Copiadora

“O mercado potencial para as máquinas copiadoras é de no máximo 5 mil”, disse IBM aos aventureiros da Xerox, em 1959, justificando que o mercado de fotocopiadoras não era grande o suficiente para justificar a produção.